Subscribe: FaceBook

Ads 468x60px

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Deputado Josimar e "a volta dos que não foram"

Dep. Estadual Josimar
    Existe rumores pela cidade que um certo deputado que se diz líder político, nesta região, sumiu, “escafedeu”, por fontes não fidedignas chegaram a noticiarem que o citado Deputado conhecido como Josimar Cunha - PR e que o intitulam como (MORAL DA BR) estaria em um tratamento viral, e esteve internado na capital do estado mais que por mostrar uma certa gravidade, o fez procurar tratar-se em São Paulo no Hospital Libanês, noticia que rodou pela “rádio peão”, haja vista que nunca foi apresentado nenhum boletim médico informando o quadro de saúde do Deputado, o que não deixa de ser estranho pela influência que o mesmo se diz ter no meio político do Maranhão, o que causa uma grande dúvida sobre seu verdadeiro estado de saúde.

    Mas, há também quem comente, que o político usando de suas habilidades maquiavélicas, articulou junto a seus comandados a saída estratégica para fugir dos compromissos, tendo em vista que os acertos feitos com os novos aliados, soma uma quantidade alta em valores, e estes acertos, dependem de repasses de valores altíssimos, para um resultado pouco provável, aos investimentos exorbitantes com pessoas que se dizem líderes políticos partidários, deixando um desconforto entre as partes, de um lado, quem comprou seus passes, e do outro, os que tentaram vender a dignidade dos do eleitorado, e este emaranhado de situações, fez com que o tal líder investidor procurasse uma saída estratégica para fugir dos compromissos ora firmados com os seus aliados.

    Mais como não tem nada que não venha à tona, e não existe sigilo que não seja quebrado, corre rumores pela cidade que o Deputado já está movimentando com muita articulação o seu retorno, que já tem data marcada para este sábado dia (03/09) e como uma jogada de mestre, quer sair de seu preparado leito, para ser recebido como vítima da fragilidade, para que as pessoas se sensibilizassem do agora vítima da doença, e o povo compadecido, o recebam como, o sobrevivente que precisa de afeto, e compaixão, tão provável é, que seus comandados, e que recebem ordens para assim fazer, estão preparando um foguetório estratégico, para recepciona-lo, como se fosse uma recepção, e um clamor popular, só que o esquema vazou, e o tiroteio foguetório, acabou em um “tiro no pé”.

    Este ato despojado de gastos com tantas armações estratégicas, acaba levando a gastos exorbitantes, o que levaria mais uma vez o povo a pagar pela irresponsabilidade com o dinheiro público, e este acumulo de gastos, está muito acima do que determina as leis do TRE, e TSE, que prima por redução de gastos, e passa uma margem de pouco mais de trezentos mil reais, para candidatos a prefeito aqui no município de Zé Doca, e por tal comportamento, pedimos ao ministério público e a justiça eleitoral que fiscalizem estes desmandos, pois claramente estará havendo caixas dois, pois somando os gastos com estruturas e acordos com aliados, ultrapassa em no mínimo vinte a trinta vezes o valor estipulado pela justiça eleitoral.          

    

0 comentários:

Postar um comentário

Principais Reportagens