Subscribe: FaceBook

Ads 468x60px

sábado, 20 de maio de 2017

BOMBA! Josimar lá de Maranhãozinho poderá não ser candidato em 2018

    No dia 10 de maio de 2017 foi divulgada no Diário Oficial da Justiça do TRE do Maranhão, uma proposta de suspensão do processo da justiça eleitoral para o prefeito de Maranhãozinho, Auricélio e mais 14 pessoas envolvidas no esquema de compras de votos na eleição de 2012, onde o Ministério Público alega que as provas e tal delito foram encontradas e apreendidas na prefeitura municipal de Maranhãozinho no escritório do então prefeito Josimar Cunha.

    Dentre as condicionalidades propostas como pena para serem cumpridas por dois anos para os envolvidos estão:
  • Proibição de se ausentar da comarca onde reside, por mais de 30 (trinta) dias, sem autorização do juiz local; 
  • Comparecimento mensal do juízo para justificar suas atividades; 
  • Prestação de serviços à comunidade, a razão de 4 (quatro) horas semanais, pelo período de um ano, além, de terem que apresentar certidões negativas da justiça federal, estadual e eleitoral dos últimos cinco anos.
    O processo de Josimar lá de Maranhãozinho está no TSE em Brasília, caso seja julgado procedente poderá não ser candidato em 2018.

0 comentários:

Postar um comentário

Principais Reportagens