Subscribe: FaceBook

Ads 468x60px

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Trabalho conjunto da Polícia Civil e Conselho Tutelar de Santa Luzia do Paruá

    Polícia Civil e Conselho Tutelar de Santa Luzia do Paruá intensificam trabalhos de prevenção a prática de atos infracionais nas escolas


       Na manhã do dia 28 de junho de 2017, o Delegado de Polícia Civil Gabriel Tersi, a convite do Conselho Tutelar local, compareceu a escola Hilton de Oliveira Rodrigues, onde juntamente com a conselheira presidente, conversou com pais, alunos, gestores e professores, sobre vários assuntos, dentre eles respeito entre os alunos e os professores, preservação do patrimônio público, consumo de drogas e abuso sexual.
    
     O Delegado fez questão de frisar que o respeito ao corpo de professores é essencial para a boa convivência e para o crescimento dos alunos, bem como o zelo ao patrimônio público é um dever de todos. Que caso assim não seja, os casos de atos infracionais contra honra ou de dano ao patrimônio público serão imediatamente notificados a Polícia Civil para que seja realizado o devido procedimento.

     Nesse sentido, também falou sobre a falsa impressão de impunidade de alguns adolescentes, deixando claro que todos os atos infracionais trazidos ao conhecimento da Polícia Civil são investigados visando a aplicação da medida socioeducativa mais adequada, dentre as dispostas no artigo 103 do Estatuto da Criança e do Adolescente:

     "Art. 112. Verificada a prática de ato infracional, a autoridade competente poderá aplicar ao adolescente as seguintes medidas:

I - Advertência;

II - Obrigação de reparar o dano;

III - Prestação de serviços à comunidade;

IV - Liberdade assistida;

V - Inserção em regime de semiliberdade;

VI - Internação em estabelecimento educacional;"

   A Polícia Civil e o Conselho Tutelar pretendem continuar o trabalho de conscientização e prevenção da população, visando a queda da prática dos atos infracionais na cidade.

0 comentários:

Postar um comentário

Principais Reportagens