Subscribe: FaceBook

Ads 468x60px

terça-feira, 13 de junho de 2017

Vereadores e ex-prefeito amestrados perseguem cidadãos zedoquenses

Terreno doado em 2016
     Mais uma polêmica em Zé Doca. O Governador Flávio Dino vai construir em Zé Doca o Centro de Educação do Maranhão. Esse projeto foi feito em 2016 e o prefeito Alberto Carvalho doou um terreno para construção da Escola no local onde funcionava o Antigo Colonião Club, ao lado da Prainha.

    A área da Escola terá como vizinho o terreno todo murado há mais de 15 ANOS que pertence ao cidadão zedoquense Clésio Coelho Cunha, na Vila dos Técnicos. A Escola será construída pela SINFRA – Secretaria de Infraestrutura do Estado do Maranhão e quem arcará com o dispêndio financeiro é a SEDUC – Secretaria de Estado da Educação. Nenhum dinheiro do município entrará no projeto, pois o Projeto é do Governador Flávio Dino e nada tem a ver com a prefeitura de Zé Doca ou com a atual Gestão. Só o terreno foi doado pelo município em 2016 como contrapartida ao Estado para Obra e estava tudo certo para a construção da Escola ainda este ano.

Terreno do Clésio Coelho Cunha
    Mas os vereadores de Zé Doca Edilson Romão, Alexandre Barroso, Cimar, Rogério, Itamar, e o ex-prefeito NATIM, a mando do Deputado Josimar, segundo o que apuramos, que se dizem inimigos declarados do Dr. Clésio Coelho Cunha, foram sexta-feira e ontem ao local da construção e falaram para os topógrafos da Construtora que mudaram de ideia e querem que INVADAM o terreno do DR CLESIO. Isso mesmo os vereadores mandaram invadir o terreno. Derrubar o muro e invadir.

Clésio Coelho Cunha
    Mas por que será tanta perseguição a um cidadão zedoquense? O que este Blog apurou é que o Dr. Clésio Coelho Cunha é filho dos fundadores de Zé Doca. Nasceu aqui em 1966 quando esta cidade se chamava Centro do Zé Doca e em 50 anos de vida nunca teve um inimigo. E agora aos 51 anos ganhou de presente a inimizade e perseguição do Deputado Josimar Cunha e de alguns da parte dos vereadores de Zé Doca. Por que será que só agora já na meia idade, arranjou um inimigo? Ligamos para o Dr. Clésio e ele nos disse textualmente que “ não dou para ninguém esse título de meu inimigo, pois ódio assim como amor são sentimentos fortes e em alguns casos o ódio é até sentimento nobre, e não vou dar esse prazer para essa turma”. Palavras dele.

    Segundo esse blog apurou com familiares de Clésio Coelho Cunha, esse ano ele ainda não veio a sua cidade natal e no ano passado só veio (03) vezes, e quase não tem tempo de vir aqui, pois é muito ocupado com seu trabalho em São Luís e na sua plantação de Soja e Eucaliptos em São João do Soter - Ma, por isso não poderia falar sobre o assunto nesse momento. Mas em contato telefônico Dr. Clésio nos informou que ele entrará na justiça da Primeira Vara de Zé Doca (Fazenda Pública) para proteger seus direitos contra mais essa perseguição.  Ele não curte violência e aprendeu com sua mãe que violência traz violência, e considera isso uma provocação tola do Deputado Josimar através de vereadores bisonhos e amestrados. Disse que "o Presidente da Câmara de Zé Doca e alguns vereadores parecem embriagados com a atual situação, mas são uns tolos.  Isso passará e eles terão a vida toda para prestar contas comigo do que fizeram e do que dizem. Podem esperar".

 
Renato Coelho Cunha
  Ligamos para o advogado Renato Coelho Cunha e ele nos disse, “ a perseguição contra ele e contra seu irmão Clésio Coelho Cunha, na cidade de Zé Doca está passando dos limites. As autoridades não veem isso.  Esses vereadores são pessoas indignas, Edilson Romão, Alexandre Barroso, Cimar, Rogério, Itamar, e o ex-prefeito NATIM “PACOVAM” SAMPAIO, são pessoas indignas, e que cumprem rigorosamente o papel que lhes são dados pelo chefe Josimar Cunha”
Dr. Renato afirmou que, “os vereadores não dizem nada do problema do terreno onde fica a Torre da Rádio Alvorada de 30.000 metros quadrados, que Constantino Neto grilou e tenta tomar de 40 famílias com um documento falso com data de 1992 que contém escrito que o valor foi pago em real e que qualquer problema decorrente do contrato seria resolvido na Comarca de Zé Doca. Mas o melhor é que em 1992 a moeda não era o REAL e a Comarca de Zé Doca só foi instalada em 1998. Outra coisa foi que a firma dos vendedores só foi reconhecida em Cartório no ano de 2010. ”  Afirmou também, que “qualquer criança de 15 anos sabe que o documento é falso e que a Juíza Leoneide Delfina deu uma liminar pra Constantino com base num documento falso pois não prestou atenção que não se pode dar uma liminar possessória com base em recibos, quantos mais recibos falsos”.  Dr. Renato também falou que “Odilon, amigo do deputado, tomou da prefeitura o  terreno que Alcir comprou para Construir uma rodoviária de frente pra BR 316, que hoje valeria uns 700 mil  reais, e deu como consolo pra Natim um terreno na Vila São Francisco de lado  da Delegacia Regional". Disse também “que a marca da Gestão da Josinha Cunha é a perseguição feita pelo Josimar, seus vereadores e seus paus-mandados contra as pessoas de bem de nossa cidade, especialmente a perseguição que fazem ao cidadão Clésio Coelho Cunha”. Por último Dr. Renato disse que as pessoas conhecem seu irmão e sabem que é um homem de paz, mas que essas pessoas que o perseguem pagarão caro na justiça por isso, mais cedo ou mais tarde, porque as tiranias nunca duram muito. Ele lembrou que o “Deputado Zé Gerardo mandava e desmandava em Zé Doca, e as pessoas sabem o que aconteceu com ele”

     Por fim Dr. Renato Coelho Cunha disse que se responsabiliza penal e civilmente por tudo que disse e que se alguém o quiser processar que o façam, pois ele se reserva a usar em sua defesa “a exceção da verdade” e provará em juízo, se for preciso, tudo que falou.

           


0 comentários:

Postar um comentário

Principais Reportagens