Subscribe: FaceBook

Ads 468x60px

domingo, 2 de julho de 2017

Para moralizar é preciso ter moral. Josimar de Maranhãozinho tem tanta moral assim?

     Josimar do Maranhãozinho pode até ter falsificado o diploma escolar conforme disse o Deputado Federal  Aluisio Mendes, não ter frequentado a escola ou  ter pouco instrução escolar, mas é inteligente,  bom marqueteiro e sabe repetir fatos não verdadeiros a  seu favor e fatos mentirosos contra seus inimigos, que terminam por se tornar verdade no imaginário popular e enganar até incautos na Capital.  O Deputado tem uma rede eficiente de blogueiros na BR 316 e de propagadores da mentira, empregados nas prefeituras como a de Zé Doca e  bastante eficientes para louvar seu nome e acabar com a reputação de pessoas que escolhe como adversários.  Ele usa a mesma tática de Josefh Goebbels, Ministro da Propaganda de Hitler e do  Terceiro Reich, ou seja do Nazismo, que criou a teoria de que se deve repetir uma mentira muitas vezes até que ele se torne verdade na mente das pessoas: de tanto ouvir uma mentira aquela mentira passa a residir no ânimo intelectivo das pessoas como se fosse uma verdade.

      Vejamos como é verdade que  e o comportamento do Josimar e da turma dele se aproxima da quase totalidade dos princípios de Goebbels: o violento ministro de propaganda de Hitler criou 11 princípios que levaram o povo alemão a tentar exterminar a humanidade e matar os bons homens e isso  achando que estavam certos,  esses princípios nortearam a ação de Hitler: 

I - Princípio da simplificação e do inimigo único: simplifique e  não diversifique, escolha um inimigo por vez. ignore o que os outros fazem concentre-se em um até acabar com ele; 

II - Princípio do contágio: divulgue a capacidade de contágio que este inimigo tem.  Colocar um antes perfeito e mostrar como o presente e o futuro estão sendo contaminados por este inimigo; 

III - Princípio da transposição: transladar todos os males sociais a este inimigo; 

IV - Princípio da Exageração e desfiguração: exagerar as más noticias até desfigurá-las transformando um delito em mil delitos criando assim um clima de profunda insegurança e temor. “O que nos acontecerá? 

V - Princípio da Vulgarização: transforma tudo numa coisa torpe e de má índole. As ações do inimigo são vulgares, ordinárias, fáceis de descobrir; 

VI.- Princípio da Orquestração: fazer ressonar os boatos até se transformarem em notícias sendo estas replicadas pela “imprensa oficial;  

VII - Princípio da Renovação: sempre há que bombardear com novas notícias (sobre o inimigo escolhido) para que o receptor não tenha tempo de pensar, pois está sufocado por elas; 

VIII.- Princípio do Verossímil: discutir a informação com diversas interpretações de especialistas, mas todas em contra do inimigo escolhido. O objetivo deste debate é que o receptor, não perceba que o assunto interpretado não é verdadeiro;

IX.- Princípio do Silêncio: ocultar toda a informação que não seja conveniente; 

X .- Princípio da Transferência;

XI - Potencializar um fato presente com um fato passado. Sempre que se noticia um fato se acresce com um fato que tenha acontecido antes XI.-Princípio de Unanimidade: busca convergência em assuntos de interesse geral  apoderando-se do sentimento  produzido por estes e colocá-los em contra do inimigo escolhido;

     Uma das mentiras dele foi sair inventando que é o tal "MORAL". Tem tanta moral, mas é esculachado pela maioria da população da BR. Já foi chamado de moleque diversas vezes na imprensa numa briga de cachorro grande que tem com dois Dogs aqui de Zé Doca.

        Diz que é o Moral dos Votos na BR 316, mas gastou 30 milhões de reais pra se eleger deputado estadual, muito mais do que diversos deputados federais e mais do que o senador do Maranhão eleito em 2014, segundo foi reportado pela imprensa e segundo o vídeo áudio que rola nas redes sociais coma  voz do Conselheiro Edmar Cutrim do TCE.

      Seguindo a orientação de Goebbels ele faz tudo pra arrasar a reputação das pessoas que não se entregam à sua liderança.  Aqui em Zé Doca todo mundo sabe que ele escolheu uma família de homens de bem pra esculachar inventando coisas do chefe dela que mora em São Luís, falando coisas deles que em décadas aqui nessa cidade ninguém nunca ouvira falar.

      Mas será que ele tem tanta moral assim mesmo?  Segundo dados do TRE ( Eleições 2016) Vianey Bringel  ganhou a eleição em Santa Inês com 32.874; Fábio Gentil ganhou a eleição em Caxias com 39.171 votos e o segundo colocado teve 37.959 votos; Francisco Nagib em Codó teve 24.359 votos contra 20.339 de Biné Figueiredo.

      Na cidade de Zé Doca, com maior eleitorado na Região Noroeste do Maranhão, as margens da BR 316, com 33 mil eleitores, Josinha Cunha (irmã e tutorada pelo Josimar) teve 12.800 votos numa campanha milionária, enquanto  Zé Costa do PT, numa campanha pobre e modesta teve 10.800 votos; 
      
      Em Araguanã, cidade de eleitorado minúsculo,  menor que o menor bairro de Santa Inês, Valmir Amorim (tutorado de Josimar) teve 3.268 votos contra 2.346 de William, Presidente do Sindicato dos Pescadores; em Centro do Guilherme, onde a mulher do deputada era prefeita, Zé Dário  do PR teve 3.469 votos contra 1.927 de Junior do Chico Pedro, opositor de Josimar. Na cidade de Maranhãozinho, onde ele exerce o mandonismo e humilha e ameaça as pessoas, Auricélio do PR teve 4.994 votos contra 838 do Professor Iris. Newton Belo, onde Roberto do Posto se elegeu por si só com 3.546 votos  e Josimar fez foi atrapalhar, pois sem ele Roberto teria tido mais votos, contra 2.143 votos de Rildo 10. Em Carutapera, André Dourado do PR, teve 4.975 votos, contra 4.497 de Cordeiro de Deus; 2.479 de Dr. Duarte e 850 de Dr.Castelo.

       Pelo que podemos ver todos os votos dados aos tutorados de Josimar do Maranhãozinho somam 29.506 votos. Votos obtidos em cidades minúsculas, com baixo IDH e piores do Maranhão, como Centro do Guilherme,  onde foram gastos milhões em compra de votos, segundo denuncias sérias que tramitam na 0096ª  Zona Eleitoral  de Zé Doca. 

       Só em Zé Doca, segundo denúncias feitas à Justiça Eleitoral e na imprensa foram gastos mais de 10 milhões de reais e a diferença de votos para o candidato Zé Costa, que teve campanha modesta, foi de 2.000 votos, pois o candidato que o enfrentou sem recurso financeiros teve 10.800 votos.

      Vianey Bringel sozinha teve 32.874,  na cidade de Santa Inês,  a quarta maior cidade da Br 316, depois de Caxias , Timom e Bacabal, e ninguém se atreve a chama-la de "Moral da BR" ou sequer "Moral de Santa Inês", e  olha que ela teve quase 3.500 votos a mais do que todos os candidatos de Josimar. 

     Fabio Gentil de Caxias, teve 39,171 votos, portanto quase 10 mil votos a mais dos que os tutorados do Josimar. Até o candidato  Léo Coutinho, perdedor em Caxias, teve 37.959 votos, quase 8 mil a mais dos que o candidatos do Josimar.  Em Timom, maior cidade da BR 316, Luciano Leitoa teve 48. 704 e Alexandre Almeida 38.061 votos. Nenhum desses cidadãos  se apelidam de Moral da BR.

        Pois bem, Josimar paga uma forte propaganda a seu favor para valorizar o seu passe dizendo ser bom de voto e repetirem que ele é o tal e que é rei de votos, mas na verdade ele escolheu pequenas cidades da BR pra despejar milhões  nas campanhas eleitorais. Mas mesmo com muito dinheiro em matéria de votos ele não vale um Fábio Gentil, um Léo Coutinho ou a Vianey Bringel, pois seus votos de prefeito são pífios perto da votação desses.


      Em 2018, quem bancará a campanha milionária de Josimar e Detinha?
 As prefeituras de Zé Doca, Araguanã, Centro do Guilherme, Maranhãozinho, Newton Bello e Caratupera? Ou será o Governo do Estado do Maranhão, com suas fartas emendas? Ou será a Roseana Sarney?  Essas perguntas são difíceis de responder, pois o Deputado pula entre Roseana e Flávio Dino e toda semana muda de lado.  E quanto ao dinheiro das campanhas dele e da esposa, quem sabe se a Procuradoria Regional Eleitoral não seja capaz de descobrir em 2018  o que as Promotorias Eleitorais nas Zonas da BR  não foram capazes de descobrir nessa eleição de 2016.


   O Blog está de olho.
Vejamos 

1 comentários:

Guilherme Seba disse...

Em 2018, quem bancará a campanha milionária de Josimar e Detinha? Vamos por o Waldir Maranhão nessa roda, também. E quanto as Promotorias Eleitorais nas Zonas da BR,creio que continuarão pacatas, cegas, surdas e mudas, numa dança fúnebre do poder pelo poder. Assim como "parte" da justiça do MA. Por lá, a Ética está em coma.

Postar um comentário

Principais Reportagens