Subscribe: FaceBook

Ads 468x60px

domingo, 24 de setembro de 2017

IFMA COMPLETA CENTO E OITO ANOS

     Dia 23 de setembro é uma data que não desaparece da memória de quem estudou na Escola Técnica, no CEFET-MA ou no IFMA. Quem foi aluno ali, aprendeu que essa é a data do aniversário dessa Instituição que atravessou gerações, mudou de nome várias vezes, modernizou-se, acompanhou o processo histórico, sem nunca ser esquecida pelos seus Egressos.

    Vale lembrar a estimada Escola Técnica que tanto orgulho deu aos maranhenses pela qualidade do ensino industrial, pelos desfiles do 7 de setembro com os alunos desfilando no compasso da banda do Maestro Prof. João Carlos Nazaré, pai da Cantora Alcione. A Escola Técnica encerrava o desfile estudantil do dia da Raça e do dia da Pátria com a multidão seguindo o pelotão.

     A Escola, como era carinhosamente chamada pelos alunos, formava técnicos industriais de nível médio, contando com uma equipe de bons mestres dirigida pelo inesquecível educador Prof. Ronald Carvalho.

     Em 1986, com a implantação dos grandes projetos minero-metalúrgicos no Maranhão, consórcio ALUMAR e Vale, a Escola Técnica sentiu-se na obrigação de continuar sendo protagonista do processo de preparação da mão de obra para atuar nesse novo mercado.

     Para conseguir o objetivo, a Instituição reavaliou seus planos e projetos e, sem abandonar o tradicional nível Técnico, ingressou no ensino superior, oferecendo cursos de Tecnologia em Eletrônica Industrial, Formação de Professores de Disciplinas Profissionalizantes e Engenharia Elétrica.

    Assim, com sua qualificada organização institucional, seus quadros de pessoal comprometidos e engajados, contando com laboratórios e oficinas em condições de oferecer grau Superior de Ensino, o Diretor Prof. Celso Leal, pleiteou e conseguiu do Presidente da República, o maranhense José Sarney, a transformação em Centro Federal de Educação Tecnológica do Maranhão.

    Com a decisão, o CEFET-MA além de ingressar na esfera do ensino superior, alimentou um novo sonho que se realizou no governo do Presidente Lula, ao transformá-lo no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão – IFMA.

    O novo modelo dos Institutos Federais implantado aqui no Maranhão com o IFMA, nasceu na gestão deste Prof. José Costa, o CEFET a três Escolas Agrotécnicas Federais, Codó, São Luís e São Raimundo das Mangabeiras. Assim, organizou-se uma nova Institucionalidade com prerrogativas especiais para oferecer um modelo único de educação profissional, que articula o ensino profissional de nível Básico, à graduação e Pós-Graduação.

     No dia 23 de setembro de 2017 a instituição completa 108 anos de fundação. Asseguramos que ela não envelheceu. O IFMA acompanhou o seu tempo, até se reinventou para responder às necessidades educacionais dos estudiosos jovens maranhenses.
Nessa corrida, foi necessário crescer no interior do estado, onde já estão implantados 29 campi nas principais cidades. As matrículas chegam a 42.000 alunos e oferece cursos de Graduação, Bacharelado, Engenharia, Tecnologia e pós-graduação latu senso, o strictu senso, com aberturas dos programas de mestrados e doutorados.

     Enfim, a cada ano o IFMA cresce, incorpora novos campi, mais Professores e Técnicos Administrativos e para marcar este aniversário, uma nova sede da Reitoria está sendo entregue pelo Reitor Prof. Dr. Roberto Brandão, situada na Avenida Colares Moreira, em frente ao Tropical Shopping Center. Esse empreendimento veio para selar o centésimo oitavo aniversário do IFMA e encher de orgulho servidores, alunos, parceiros e colaboradores.

Zé Costa
Texto: Zé Costa, ex-aluno da escola técnica e professor, foi Diretor-Geral do CEFET-MA e primeiro Reitor do IFMA

Fonte:imirante.com

0 comentários:

Postar um comentário

Principais Reportagens